Plataformas Vibratórias na Doença de Parkinson

plataformas vibratórias e ParkinsonA Plataforma Vibratória está a revolucionar o mundo do fitness e da reabilitição de utentes com Doença de Parkinson pois permite obter bons resultados na melhoria da coordenação motora, na postura, no equilibrio, na deambulação e desenvoltura com que se movem e Rigidez muscular e Tremores.

A doença de Parkinson já conta com um longo historial enquanto doença no qual se sabe que afecta os neurónios responsáveis pela produção da dopamina e consequentemente manifestam-se por vários sintomas entre os quais:rigidez muscular, alterações do equilibrio e da capacidade em deambular são os mais frequentes.

Actualmente a doença de Parkinson pode ser minimizada recorrendo a medicamento e a fisioterapia. Nestes casos o doente deve manter uma vida Activa onde a  actividade física seja uma constante.

No entanto surgem alturas em que devido ao avanço da doença diminu a capacidade física de certas zonas do corpo com perda de força e diminuição da mobilidade articular.

Neste campo as plataformas vibratórias desde que usadas com supervisão e com exercicios especificos exercem um estímulo sobre os músculos levando a diminuição de alguns sintomas típicos da doença como a rigidez dos músculos e Tremores involuntários.

Graças aos exercicios com as plataformas vibratórias é possivel exercitar apenas os membros inferiores sem sobrecarregar o resto do corpo.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Show Buttons
Hide Buttons